Você dormia assim que deitava na cama e acordava só às 10h da manhã. Aí você virou mãe.
Você tinha um monte de amigas, que te ligavam e te chamavam para sair sempre. Mas você virou mãe.
Você lia um livro por semana e colocava em dia uma série em um mês. Aí você virou mãe.
Você fazia as unhas e hidratava os cabelos todo fim de semana. Aí você se tornou mãe.
Você saía sem pressa e sem preocupações. Aí você virou mãe…
Aí você se tornou mãe e percebeu que os seus planos e os seus sonhos não chegam nem perto da felicidade que o seu filho(a) lhe transmite.
Que o sorriso dele é mais transformador que qualquer viagem e que as conquistas dele te proporcionam mais satisfação que qualquer conquista sua.
Aí você virou mãe e descobriu uma força além do normal, uma força que te guia madrugada a fora. Força que te faz sorrir mesmo depois de ter dormido quatro horas por noite.
Aí você virou mãe e trocou seus livros por livros infantis e sua série por desenhos animados, e quer saber. Eles são interessantes também.
Aí você virou mãe e faz um coque desajeitado no cabelo e fica maravilhosa com ele, e as unhas, elas não são tão importantes assim.
Aí você virou mãe e conheceu amigas MÃES também, e é tão incrível dividir o universo da maternidade com elas.
Aí você virou mãe e os seus passeios corridos são tão insignificantes, porque quando você chega em casa você se depara com aquela criaturinha que mudou toda a sua vida e percebe que sem ela não teria sentido algum todas as coisas que você fazia antes dela.
Aí você virou mãe, virou o dia, virou a noite, virou fera, virou colo, virou luz.
💜
E apesar de toda confusão e cansaço, se você soubesse como seria lá no passado, os seus sonhos e planos teriam se transformado em um só, que seria exatamente esse: Ser mãe!

Autor:Lisah – As Crônicas da Lisah

Pin It on Pinterest